Caminhos da vida

Não é interessante como a vida da gente muda, como muitos planos
acabam se chocando com coisas que acabamos por escolher?

Eu acabo de perceber, além disso, que eu nunca fiz planos a longo
prazo quando criança ou adolescente. Claro, eu tinha muitos sonhos,
alguns já realizados, outros ainda sonhados e ainda outros que se
foram, mas planos como o de ter uma casa assim ou assada não eram bem
meu foco.

Eu me lembro de querer ter um carro, quando tinha lá meus 15 anos.
Achava que seria bem mais livre com um carro.

Me lembro também de nunca ter realmente planejado um casamento. Não
tinha essa ilusão de que eu seria exatamente como todos achavam que eu
deveria ser.

Acho que isso encaixa bem com o que minha vida está se tornando, com
os caminhos que eu trilho hoje. Como ouvi ontem, e enxergo em mim
também, sou um espírito livre. Não é me prendendo a convenções e
coisas pequenas que eu vou ser feliz. Mas reconheço que pode ser
difícil, algumas vezes, tentar explicar o que é isso pro resto do
mundo.