O efeito do limite

Hoje saí para almoçar nas cercanias da represa Billings, em São Bernardo do Campo com a minha Olympus Pen EE.

Curioso é que, num dia de sol, uma boa paisagem, nenhuma foto saiu. Se estivesse com a DSLR, teria ao menos começado a disparar um pouco a esmo, até que alguma inspiração aparecesse. A limitação do filme e a diferença de tecnologia te faz mesmo pensar mais antes de fotografar.
Neste caso, ter que pensar na sensibilidade do filme, no ajuste meio "fora do usual" da Pen EE e na limitação de exposições me fez querer ter um momento mais tranquilo pra planejar a foto.
Resultado: nenhuma foto nova. Mas o fim de semana está aí e tem 2 eventos com potencial!